Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
Política

Divisão de royalties do petróleo: Joares reclama de postura de Moisés: "é uma afronta ao municipalismo catarinense"

Prefeito de Tubarão repudiou decisão de governador de ficar ao lado do Rio de Janeiro

Publicada em 06/11/19 às 10:06h - 390 visualizações

por Rádio Bandeirantes - Tubarão/SC


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Divulgação/Rádio Bandeirantes)
Joares Ponticelli (PP) estava na reunião da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em Brasília, e foi surpreendido ao descobrir que o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), votou a favor de um pedido do Estado do Rio de Janeiro. O chefe do executivo carioca, Wilson Witzel (PSC), pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) um adiamento de seis meses na votação que vai deliberar a distribuição dos royalties do petróleo.

Dos governadores que assinaram, apenas Moisés é do Sul do Brasil. O prefeito de Tubarão ficou constrangido com a descoberta e criticou Carlos em entrevista ao programa Bom Dia Bandeirantes nesta quarta (6). Ponticelli disse que o municipalismo perde se o Rio ganhar a ação, pois os recursos da partilha deixarão de ser distribuídos.

Apesar disso, Joares acredita que o STF vai dar ganho de causa às cidades e impôr uma derrota ao Rio de Janeiro. Ouça a entrevista clicando no link abaixo.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 48991557632

Visitas: 162354
Usuários Online: 23
Copyright (c) 2019 - Rádio Bandeirantes - Tubarão/SC - Radio Bandeirantes - Tubarão/SC