Tubaronenses abraçam a locomotiva Baldwin 53
10/09/2018 16:33 em Jornalismo

A enorme repercussão em Tubarão da possibilidade de perda da locomotiva Baldwin 53, que fica no Museu Ferroviário do bairro Oficinas, gerou mais curiosidade da comunidade em relação aos bens conservados na sede do espaço, que fica na avenida Pedro Zapelini.

Na última quinta-feira (6), por exemplo, um abraço simbólico registrou que o prefeito de Miguel Pereira (RJ) terá muitas dificuldades em levar para o município o equipamento. Horas antes do ato, inclusive, uma decisão judicial garantiu a permanência da Baldwin 53 na Cidade Azul.

Se por um lado o chefe do executivo da cidade Carioca segue recorrendo, inclusive com ações no Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT) e no Ministério dos Transportes, por outro os voluntários do Museu se mobilizam para que o trem permaneça em Tubarão.

Um dos maiores incentivadores da campanha é José Warmuth Teixeira. Ele relata à reportagem (link abaixo), um pouco mais da luta dos últimos dias. 

José Warmuth Teixeira

 

Foto: Decom/PMT

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!