Deputada denuncia redução drástica no orçamento da Assistência Social
29/09/2017 - 10h14 em Jornalismo

Para muitos municípios catarinenses, especialmente os menores, os programas assistenciais do governo federal concedidos às famílias são responsáveis por gerar boa parte da arrecadação de impostos. Na mesma linha, o cidadão em situações de risco social hoje tem a quem recorrer, porque ali na sua cidade há um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). Todas essas políticas públicas podem chegar ao fim com o corte do orçamento previsto para 2018 pelo governo federal, e é contra essa decisão que a Frente Parlamentar em Defesa da Assistência Social da Alesc se posicionou em reunião na manhã desta quarta-feira (27), no gabinete da presidente de Colegiado, deputada Luciane Carminatti.

Ela conversou com a Bandeirantes e você ouve abaixo.

Luciane Carminatti

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!